Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, III Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura

Tamanho da fonte: 
Uma Leitura Descolonial Sobre O Curso Narrativo da Modernidade: discursos, retóricas e a história oficial
Tiago Osiro Linhar, Edgar Cézar Nolasco

Última alteração: 02-01-2021

Resumo


Este trabalho propõe abordar o percurso narrativo que fez do ocidente o centro do mundo e que trouxe, com isso, consequências como o racismo, o atraso (para determinados povos) e, sobretudo, a exterioridade. Sendo assim, enfatizaremos as narrativas que constituíram um ideal eurocêntrico de mundo, articuladas não só por meio dos discursos classificatórios, mas, também, pelas retóricas da modernidade e, principalmente, pelo sentido eurocêntrico dado a uma história nomeadamente “oficial” que se pretendera universal. O objetivo maior desta pesquisa é fazermos leituras críticas sobre os artifícios das narrativas da modernidade e, por intermédio de uma perspectiva outra, descolonizarmos de certos preceitos tidos como verdades absolutas.


Palavras-chave


Narrativas, Eurocentrismo, Descolonial

Texto completo: PDF