Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, III Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura

Tamanho da fonte: 
Biofilia: a importância do verde sob o olhar do design
Ana Célia Carneiro Oliveira, Nadja Maria Mourão, Flávia Neves de Oliveira Castro

Última alteração: 02-01-2021

Resumo


Mudanças e formação de novos conceitos despertam a atenção para a concepção de uma nova consciência social. Neste contexto, sob o olhar do design, apresenta-se a importância da biofilia na vida humana, ou seja, a importância do contato humano com a vegetação, seja por meio de jardins internos, externos, verticais e de cobertura, parques, bosques, lagos e paisagens naturais, bem como o vínculo destes espaços com os sentimentos paz e tranquilidade. Busca-se analisar as transformações percebidas na função de design, das pessoas com as plantas nos ambientes que elas habitam. Inclusive, o comportamento dos designers frente às transformações recentes, que envolvem os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saude. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com análise de investigações para compreender a relação das pessoas com as plantas, em ambientes urbanos. O mundo enfrenta transformações drásticas para o comportamento humano. A pandemia causada pelo coronavirus (COVID-19) condicionou as famílias a permanecerem em casa. Percebeu-se que o homem é capaz de alhear-se e criar estruturas para distante das soluções habituais, mesmo num panorama invasivo, colocar afinidades afetivas que incorporem as exigências do mundo cotidiano. Neste ponto toca pontuar o valor do ócio criativo.

 

Palavras-Chave: biofilia; design; isolamento social; jardins; vida humana.


Palavras-chave


biofilia; design; isolamento social; jardins; vida humana

Referências


CAPRA, F. A teia da vida. São Paulo: Cultríx, 1996.

 

CASTEL-BRANCO, Cristina. Os quatro rios do Paraíso. Coautoria com Clara Pinto Correia e José Afonso Furtado Ed. D. Quixote, Lisboa, 1994.

 

ERICKSON, M. Susan. Restorative garden design: Enhancing wellness through healing spaces. JAD - Art and Design Discourse, no.2. jun. 2012. Disponível em: https://pt.scribd.com/document/321383902/05-RESTORATIVE-GARDEN-DESIGN-Enhancing-Wellness-Through-Healing-Spaces.  Acesso em: 19 set. 2020.

 

GRESSLER, Sandra Christina; COENGA, Danielle. Plantas em casa – ter ou não ter? Eis a questão. Psicologia Argumento. Vol. 35, nº 89, p. 01- 20, mar/jun. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.7213/psicolargum.35.89.24226.

 

JACOBS, Jane. Morte e vida de grandes cidades americanas. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

 

KELLERT, Stephen, CALABRESE, Elizabeth. The Practice of Biophilic design, 2005.

MACHADO, Maria Lucia; MACIEL, Rosilene Conceição; MOURÃO, Nadja Maria. A influência portuguesa nos jardins históricos brasileiros. In: UD17.NoiseWISE, Porto: Universidade do Porto, 2017.

 

MOURÃO, Nadja M. Sustentabilidade na produção artesanal com resíduos vegetais: Uma aplicação prática de design sistêmico no Cerrado Mineiro. 2011. 205 f. Dissertação (Mestrado em Design) - Universidade do Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

 

SANTOS, Vanessa I. M. Desenho para um planeta vivo: biofilia uma solução para o urbanismo e arquitectura sustentáveis. Dissertação (Mestrado integrado em Arquitectura) - Universidade Lusíada de Lisboa, Lisboa, 1987.

 

SOMMER, Robert. Espaço pessoal: as bases comportamentais de projetos e planejamentos. São Paulo. EPU, Ed. da Universidade de São Paulo, 1973.

 

ULRICH, Roger S. Health benefits of gardens in hospitals. Conference Plants for People, International Exhibition Floriade, 2002. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/252307449_Health_Benefits_of_Gardens_in_Hospital.  Acesso em: 19 set. 2020.

 

WILSON, Edward O. Biophilia. Cambridge: Harvard University Press; 1984.

ZANATTA, Amanda A.; SANTOS-JUNIOR, Robiran José; PERINI, Carla Corradi; FISCHER, Marta Luciane. Biofilia: produção de vida ativa em cuidados paliativos. Saúde debate [online]. 2019, vol. 43, n.122, pp.949-965. Nov/2019. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-1104201912223.


Texto completo: PDF