Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura

Tamanho da fonte: 
Amarelo, a cor da fome epistêmica de Carolina Maria de Jesus
Anderson Duarte Alencar

Última alteração: 31-05-2019

Resumo


No dia 20 de abril de 2017, em uma palestra realizada na Academia brasileira de letras o professor de literatura, Ivan Cavalcanti Proença, disse que a obra de Carolina Maria de Jesus, não pode ser literatura. Esse trabalho tem o interesse de discutir a obra “O Quarto de despejo” enquanto produção intelectual que causa controvérsias aos axiomas imperialistas presentes no campo da literatura e que gera controvérsias quanto a sua validade como uma obra literária. Carolina Maria de Jesus, era uma mulher, negra e periférica, ou seja, não se enquadrava nos axiomas de homem, branco, advindo de uma sólida formação intelectual e nascido no continente europeu.

Essas características fizeram com que a autora sofresse e continuasse a sofrer em pleno ano de 2017, no centenário de seu nascimento , algumas resistências de setores que reproduzem a lógica axiomática citada no campo literário.


Palavras-chave


Carolina Maria de Jesus; Literatura, colonialidade do saber; Colonialidade do poder.

Referências


CONNELL, Raewyn. Usando a teoria do sul : descolonizando o pensamento social na teoria , na pesquisa e na prática, Epistemologias do sul, Foz doIguaçu PR, 1(1), PP. 87-109, 2017

 

JESUS, Carolina Maria de. Quarto de despejo: Diário de uma favelada. 9ª ed. São Paulo: Editora Ática, 2007, (Sinal Aberto).

 

MACIEL,Camila. Brasil lembra centenário de escritora que definiu favela como quarto de despejo. mar .2014. disponível em

<<:http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-03/brasil-lembra-centenario-de- escritora-que-definiu-favela-como-quarto-de de despejo>>  Acesso em: 24 jun. 2017.

 

Must, M., Life, T., Cornell, A., Spivak, T., Wore, T. B., Gold, T., … Mellon, A. W. (1999). Gayatri Chakravorty Spivak,Literature 1997(19), 9–53. cadernos pagu (19) 2002: pp.9-53.

 

ORTEGA Y GASSET, José. Meditação da técnica. Rio de Janeiro: Livro Ibero- Americano, 1963

 

REVISTA FORUM. Professor branco diz que obra de Carolina Maria de Jesus não é literária e provoca embate no Rj. Abr .2017 disponivel em : <http://www.revistaforum.com.br/2017/04/20/professor-branco-diz-que-obra-de- carolina-maria-de-jesus-nao-e-literatura-e-provoca-embate-no-rj/> Acesso em : 24 jun. 2017.


Texto completo: PDF