Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, I Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura

Tamanho da fonte: 
HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO A PARTIR DE UMA ANÁLISE DE “QUARTO DE DESPEJO” DE CAROLINA MARIA DE JESUS
Sara Munique Noal

Última alteração: 26-12-2017

Resumo


Este trabalho visa discutir as relações de trabalho de catadores de papel no Brasil entre os anos de 1955-1960, tendo como fonte a autobiografia “Quarto de Despejo” de Carolina Maria de Jesus. Em sua obra, Carolina demonstra aspectos da vida das classes muito pobres, moradoras das periferias de São Paulo durante o período do populismo de Juscelino Kubistchek. Embora sua obra seja literária podemos perceber uma série de questões que permeiam a vida desses trabalhadores. A exploração, a fome, a violência, entre outras questões, são constantemente denunciadas. Nesse sentido, a Literatura pode ser uma chave importante para acessarmos experiências vividas pela classe trabalhadora.


Palavras-chave


História; Literatura; catadores de papel; trabalhadores.

Texto completo: PDF