Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, III Encontro Humanístico Multidisciplinar e II Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
RÁDIO FEDERAL FM E AS ADAPTAÇÕES NO OFÍCIO DE RADIALISTA FRENTE ÀS MUDANÇAS TECNOLÓGICAS (1980-2017)
Silvana de Araújo Moreira

Última alteração: 21-01-2018

Resumo


A Rádio Federal FM está vinculada à Universidade Federal de Pelotas e foi a primeira emissora de caráter educativa a funcionar em canal de Frequência Modulada no Rio Grande do Sul. Em seus 36 anos de existência, uma breve história institucional é contada no endereço eletrônico da emissora. A pesquisa realizada para este artigo é a primeira fase de um trabalho historiográfico que pretende abranger a história da Rádio a partir do ofício de radialista e das transformações pelas quais passou para sobreviver às novas tecnologias, bem como o impacto no cotidiano desses profissionais que fizeram parte da história da Federal FM. O estudo apresentado utilizará principalmente a metodologia da história oral, em sua vertente temática, além de fontes documentais e impressas. Os depoimentos, narrativas e memórias daqueles que participaram e/ou participam do conjunto de profissionais da emissora permitem a revelação de alguns elementos da história e da evolução do rádio no contexto da região sul do estado.

Palavras-Chave: Federal FM; história oral; radialistas; rádio.


Palavras-chave


Federal FM; história oral; radialistas; rádio.

Referências


Referências

ALBERTI, Verena; FERNANDES, Tania Maria; FERREIRA, Marieta de Morais (Org’s). História oral: desafios para o século XXI. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2000.

CANDAU, Jöel. Memória e identidade. São Paulo: Contexto, 2011.

FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio no Rio Grande do Sul (anos 20, 30 e 40): dos pioneiros às emissoras comerciais. Canoas: Ed. Da ULBRA, 2002.

FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio e capitalismo no Rio Grande do Sul: as emissoras comerciais e suas estratégias de programação na segunda metade do século 20. Canoas: Ed. ULBRA, 2007.

FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio: teoria e prática. São Paulo: Summus, 2014.

FONSECA, Nícholas; SILVA, Gilson L. P.; FONSECA, Aurea E. dos S. Informação e Entretenimento em Rádio FM: análise das Rotinas Produtivas do Programa Weekday Afternoon, da Rádio Life FM. Revista Sonora, São Paulo, v. 3, n. 5, 2010, p. 1-11.

MAGNONI, Antonio Francisco; RODRIGUES, Kelly De Conti. O rádio e a adaptação à nova era das tecnologias da comunicação e informação: contextos, produção e consumo. Anais IX Encontro Nacional da História da Mídia: GT História da Mídia Sonora. Ouro Preto, v.9, n.1, p. 1-15, 2013.

MEIHY, José e HOLANDA, Fabíola. História Oral: como fazer, como pensar. São Paulo: Contexto, 2007.

Fontes Orais

CUNHA, José Manuel dos Santos. Professor aposentado. Entrevista semiestruturada concedida a Silvana de Araújo Moreira. Realizada por e-mail, Pelotas, agosto de 2017.

CUNHA, José Maria Marques. Radialista. Entrevista concedida a Silvana de Araújo Moreira. Realizada na radioweb do entrevistado, Pelotas, outubro de 2017.

ENGELBRECHT, Roberto Gustavo. Jornalista. Entrevista concedida a Silvana de Araújo Moreira. Realizada na casa do entrevistado, Pelotas, agosto de 2017.

ESTRELA, Maria Alice. Radialista. Entrevista concedida a Silvana de Araújo Moreira. Realizada na casa da entrevistada, Pelotas, agosto de 2017.

LOPES, Vera. Diretora de Produção aposentada. Entrevista concedida a Silvana de Araújo Moreira. Realizada na casa da entrevistada, Pelotas, outubro de 2017.

VAZ, Luiz Carlos. Jornalista. Entrevista concedida a Silvana de Araújo Moreira. Realizada no Mercado Público de Pelotas, Pelotas, agosto de 2017.


Texto completo: PDF