Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, III Encontro Humanístico Multidisciplinar e II Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
A dialogicidade interna/externa no gênero glossário na obra Letras de Liberdade – autores diversos (2000)
Uiliam Ferreira Boff

Última alteração: 21-01-2018

Resumo


O presente trabalho apresenta os resultados parciais de uma pesquisa acerca das dialogicidades específica do gênero glossário na obra Letras de Liberdade – autores diversos (2000) WB editores. A partir das noções de dialogicidade e gêneros discursivos (BAKHTIN, 1929 e 2003) foi analisado um glossário que compõem o corpus delimitado. Previamente, observa-se dois trajetos dialógicos: um interno (entre autores e posfaciantes) outro eterno (via glossário entre autores e leitores/público)


Palavras-chave


Carandiru; Bakthin; Dialogicidade; Glossário; Cultura Periférica

Referências


AUTORES DIVERSOS, Letras de Liberdade. São Paulo: WB Editores Ltda, 2000.

BAKHTIN, M. M./ VOLOSHINOV, V. N. (1929). Marxismo e filosofia da linguagem. 3a . ed. Trad. Michel Lahud & Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 1986.

BAKHTIN, M. M. [1952-1953]. Os gêneros do discurso. In: In: BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. 4. ed. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p. 261-306.


Texto completo: PDF