Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, III Encontro Humanístico Multidisciplinar e II Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
Claquete: cena da família contemporânea apresentada nos filmes “Minha mãe é uma peça 1 e 2”
Saionara Vitória de Almeida, Raquel Pereira Quadrado

Última alteração: 18-01-2018

Resumo


Neste artigo, discute-se as relações familiares no contexto da contemporaneidade a partir do que se apresenta nas produções cinematográficas brasileiras “Minha mãe é uma peça 1 e 2”. Os dois filmes têm como protagonista, no papel de Dona Hermínia, o ator Paulo Gustavo, um dos escritores dos filmes, que diz que as obras são baseadas em sua própria mãe. O trabalho traz uma análise de como se estabelecem as relações da mulher dona de casa e as atribuições dadas culturalmente a elas, mostra a maternidade nas relações familiares, apresenta o universo feminino e ensina sobre os lugares sociais das mulheres, ao coloca-las em alguns espaços e não em outros, discutindo os novos espaços que elas passaram a ocupar visto que não ficam somente nos cuidados da casa mas também saem para trabalhar fora. A metodologia se fundamenta na análise cultural de dois artefatos, duas obras cinematográficas contemporâneas, e partem de conceitos construídos historicamente que fazem parte da cultura de onde se vive, no caso, a cultura da família brasileira. Nessas histórias buscamos analisar as relações culturais que esses artefatos apresentam, entendendo que são portadores de pedagogias e que ensinam modos de ser mulher e mãe na contemporaneidade.


Palavras-chave


família brasileira, filme, maternidade, mulher.

Referências


BADINTER, Elisabeth. Um Amor conquistado: o mito do amor materno. Elisabeth

Badinter; tradução de Waltensir Dutra. — Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. Disponível

em:< http://www.redeblh.fiocruz.br/media/livrodigital%20(pdf)%20(rev).pdf> acesso em :

jun. 2017.

 

FISCHER, Rosa Maria Bueno. “Técnicas de si” na tv: a mídia se faz pedagógica. Educação UNISINOS, São Leopoldo (RS), v.4,n.7, jul./dez.,p.111-119. 2000.

 

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidfade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. 6ª ed, EditoraVozes. Petrópolis, 2003.

 

LOURO, Guacira Lopes, FELIPE, Jane, GOELLNER, Silvana Vilodre. Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 3ed. Petrópolis, Rio de Janeiro:Vozes, 2007.

 

LOURO, Guacira Lopes. Flor de Açafrão: takes, cuts, close-ups. 1ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

 

Filmes

 

Minha mãe é uma peça. Direção: André Pellenz. Brasil: Migdal Filme, 2013.

Minha mãe é uma peça 2. Direção: César Rodrigues. Brasil: Migdal Filmes, 2016.


Texto completo: PDF