Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, III Encontro Humanístico Multidisciplinar e II Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
Tradicionalismo Gaúcho na Educação Básica do Rio Grande do Sul
Diovana Leite Alvarenga

Última alteração: 18-01-2018

Resumo


Este artigo analisa as contribuições da Cultura Gaúcha na Educação Básica, baseando-se nas obras de Barbosa Lessa (1954), Augusto Fagundes (1997), Roberto Fonseca (2014) e Ricardo Arthur Fitz (2011). Caracterizando a Educação Básica no contexto estadual de educação e compreendendo as características históricas da Cultura Gaúcha além de refletir sobre as percepções da inserção da cultura gaúcha no ambiente escolar.


Palavras-chave


Tradicionalismo, educação, cultura, ambiente escolar.

Referências


BRASIL, Lei de Diretrizes e B. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996.

Fagundes, Antônio Augusto, Curso de tradicionalismo gaúcho: Martins Livreiro, 1997.

FITZ, Ricardo Arthur, Releituras da História do Rio Grande do Sul: CORAG, 2011.

FONSECA, Roberto. História do Rio Grande do Sul para Jovens: Age, 2014.

LESSA, Luís Carlos Barbosa, O sentido e Valor do Tradicionalismo, Santa Maria, 1954.

MEC. Plano Nacional de Educação - PNE. Brasília, INEP, 2014.

MEC. Plano Estadual de Educação do Rio Grande do Sul, Lei Ordinária 14.705, 2015.

RIO GRANDE DO SUL, Secretaria de Educação, disponível em < educacao.rs.gov.br>. Acesso em 19 de setembro de 2016

Texto completo: PDF