Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
Reverberações etnomusicológicas entre licenciandos em música: problematizações sobre práticas musicais e diversidade cultural
Luana Zambiazzi dos Santos

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 304
Data: 12-11-2016 08:30 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


Este trabalho busca apresentar reflexões baseadas nas experiências docentes e de pesquisa da autora em uma universidade de fronteira do sul do Brasil, em um curso de licenciatura em Música, desde o campo da etnomusicologia/antropologia da Música. O trabalho buscará relatar algumas práticas educativas que têm incitado problematizações de questões em torno dos ditos “marcadores sociais” (questões étnicas, de gênero, de classe e geracionais, por exemplo). Tais problematizações emergem de discussões provocadas nas atividades de ensino e pesquisa desde uma perspectiva etnomusicológica, ou seja, buscando entender como práticas sonoro-musicais podem revelar fricções, conflitos e interpretações sobre a(s) sociedade(s). A exemplo de outros trabalhos, pretende-se levantar algumas das potencialidades da etnomusicologia como forma de entrada para questões sociais frequentemente escamoteadas na contemporaneidade, considerando as linhas de força que têm posicionado o conceito (outrora antropológico) de cultura e diversidade cultural na economia neoliberal. Percebe-se que trabalhar sob marcos etnomusicológicos (envolvendo, portanto, uma forma de acesso às teorias sociais e à etnografia) pode ser uma possibilidade vibrante de reflexão sobre as posicionalidades dos sujeitos, alteridades e as suas interações com mundos sociais locais entre acadêmicos de licenciatura em música.