Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
A gastronomia e o turismo: Um estudo na fronteira Jaguarão/BR e Rio Branco/UY
gildo janke

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 304
Data: 10-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


A gastronomia é um potencial atrativo no turismo, uma vez que pode gerar experiências únicas e memoráveis. Ela faz parte da experiência turística, não se dissociando desta, e ainda se trabalhada como patrimônio cultural imaterial pode distinguir uma região, evidenciando suas peculiaridades e reforçando sua autenticidade. O patrimônio gastronômico, a fim de reforçar seus diferenciais para atrair os visitantes, pode ser evidenciado a traves de roteiros turísticos, eventos, os quais a gastronomia é o foco de seus planejamentos. O presente trabalho visa analisar a gastronomia como parte do processo de interação cultural na Fronteira entre o Brasil e Uruguai, por meio das cidades de Jaguarão (BR) e Rio Branco (UY) e tem como finalidade realizar diagnóstico do potencial gastronômico e turístico brasileiro e uruguaio, na direção de elaborar proposições capazes de promover o desenvolvimento do segmento de turismo gastronômico, logo cultural no município de Jaguarão. Para o diagnóstico foram realizadas pesquisas bibliográficas e documentais, assim como pesquisa de campo, através de conversas informais com moradores locais, e análise dos cardápios dos estabelecimentos.

Palavras-Chave: Turismo; Gastronomia; Identidade Cultural; Fronteira.


Texto completo: PDF