Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
Saberes Culturais: Objeto basilar da Economia Popular Solidária na Fronteira Sul do Brasil.
Tiago José de Santana, Simone Silva Alves, Quelen Colman Espíndola

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 305
Data: 10-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


Este trabalho tem por objetivo apresentar informações referentes ao Projeto de Extensão Universitária: Os Saberes das Redes de Colaboração Solidária da Fronteira do Extremo Sul do Brasil, que está em desenvolvimento na UNIPAMPA. Metodologicamente, essa investigação caracteriza-se como qualitativa, na qual, utilizou-se como instrumento para coleta de dados um questionário semiestruturado. Como técnica de análise optou-se pela Análise de Conteúdo proposta por Bardin (1977), na qual, emergiram quatro categorias básicas: Educação; Saberes culturais; Gênero e Politica (Produção sustentável). Os resultados obtidos nesse estudo são referentes ao cenário atual dos feirantes da cidade de Dom Pedrito-RS, e também sobre a bibliografia atual sobre a economia popular solidária. A pesquisa demonstra que o nível educacional dos participantes é baixo, pois 28% não concluíram o ensino fundamental, porém 73% dos feirantes revelaram que gostariam de retornar a escola.. Esse estudo também sinaliza a necessidade da criação de politicas públicas de incentivo a economia solidária. Por fim, a categoria saberes culturais é basilar no processo da economia popular solidária na fronteira Sul, pois representa o acúmulo de conhecimento produzido por várias gerações em suas diferentes formas de viver e compreender o mundo.