Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
EDUCAÇÃO PATRIMONIAL NO MUSEU MUNICIPAL PARQUE DA BARONESA COMO POSSIBILIDADE DE TURISMO CIDADÃO. PELOTAS/RS
Dalila - Muller

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 312
Data: 11-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


Este estudo tem como objetivo analisar as ações de Educação Patrimonial do Museu Municipal Parque da Baronesa – MMPB enquanto uma prática de turismo cidadão. A valorização das atividades museológicas, na área educativa, vem recebendo uma atenção especial nos últimos anos. O papel principal do museu, na sociedade, é informar e apresentar a herança cultural de um povo. É de extrema relevância incentivar a criação de espaços que promovam diálogos que contestem, mostrem, despertem novas atitudes e repassem informações ao turista cidadão a respeito das transformações e manifestações culturais e sociais ocorridas em seu ambiente. Inicialmente descrevemos a trajetória da família Antunes Maciel e do Museu Municipal Parque da Baronesa. Para isso, foi realizada pesquisa documental em jornais disponíveis no acervo do museu e pesquisa de campo através da observação e de entrevista. Através da analise dos dados coletados identificou-se diversas ações de educação patrimonial, realizadas pelo MMPB, tais como, visitas guiadas, folders, cartilha pedagógica, dentre outros. Tais ações podem ser entendidas como práticas que promovem a experiência do estranhamento, configurando-se como turismo cidadão.