Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
A CONSTRUÇÃO DA HIDRELÉTRICA DE MARABÁ E A VILA DO ESPIRÍTO SANTO
sheila kaline silva, priscila dias pinto

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 305
Data: 12-11-2016 08:30 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


A construção da Hidrelétrica de Marabá assume a sua faceta mais nefasta, pois dentre muitas comunidades impactadas com o projeto, está à comunidade da Vila do Espírito Santo com cerca de mais de 100 famílias que tentam preservar suas casas, histórias de vida e sua terra. Lutam contra avanço do grande capital e o contra a ideologia do Progresso capitalista. O Estado fragmenta para desmobilizar e assim fazer prevalecer sua vontade. Os moradores junto com o MAB (movimento dos atingidos por barragem) buscam de todas as formas reverterem essa situação. Ver sua casa, sua igreja, sua escola embaixo da água não é o que a maioria dos moradores da vila espera.