Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
TERRITORIALIDADES DA FORMAÇÃO: NARRATIVAS DISCENTES SOBRE O MOVIMENTO INTERFACES II
Luiz Paulo Da Silva Soares, Emanuele Dias Lopes, Samuel Crissandro Tavares Ferreira, Priscila Wally Chagas, Vânia Alves Martins Chaigar

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 311
Data: 10-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


Trata-se de um recorte da investigação, em fase inicial, “Cultura, estética e formação na/da cidade: redes de saberes, memórias, incompletudes e territorialidades” (CNPq/FURG). Entre os objetivos destacamos potencializar aprendizagens de discentes de graduação e pós-graduação mediante intercâmbios com saberes produzidos no espaço-tempo da cidade e a promoção de interlocuções entre “redes de saberes”, culturas, memórias, estéticas, saberes e territorialidades. Buscamos envolver de forma articulada acadêmicos, docentes de escolas, da universidade e sujeitos de outros espaços educativos. Analisamos aqui o evento “Interfaces Pedagógicas: Licenciaturas em Diálogo”, iniciado em 2012 e, recentemente, concluído sua quarta edição, tendo por tema “Escola e Universidade: utopias, tempos e experiências”. Seus objetivos centrais são dar visibilidade às produções de licenciandos, promover o intercâmbio entre diferentes áreas e entre Escola e Universidade. O formato aberto e processual, as modalidades inclusivas e sensíveis, sua construção orgânica e independente, a repercussão junto a licenciandos, tem-nos feito refletir sobre seus alcances formativos e territorialidades levando-nos a pensá-lo (quem sabe?) como um movimento de discentes e docentes. Narrativas de discentes, que participam desse Movimento, são o pano de fundo de nossos questionamentos: Docentes e discentes se reconhecem como protagonistas na produção desse espaço-tempo formativo? O que estamos aprendendo com esse Movimento?

Texto completo: PDF