Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
REVITALIZAÇÃO DO MERCADO PÚBLICO DE PELOTAS E SUA RESSIGNIFICAÇÃO SOCIAL
Ana Estela Vaz Xavier

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 307
Data: 10-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


O presente projeto tem como objeto o Mercado Público Central, localizado no centro histórico da cidade de Pelotas/RS e objetiva analisar a política urbana que ensejou a revitalização do local assim como identificar as consequências desta intervenção urbana. Esta pesquisa, procura investigar os aspectos econômicos, sociais, culturais e sócio-espaciais que estão relacionados com o tema, e, especialmente com o usuário do local, antes e depois da reforma. Para viabilizar a pesquisa serão utilizadas técnicas metodológicas, com a realização de um estudo qualitativo e quantitativo, onde serão empregadas técnicas de pesquisa científica, abaixo especificadas. Busca-se ainda, compreender de que maneira a revitalização do Mercado Público repercutiu no público em geral. Antes da reforma, o prédio do Mercado encontrava-se degradado fisicamente, necessitando de reformas na parte interna e externa. No Mercado Público haviam ocupantes das bancas e consumidores de diversas classes sociais. Hoje, pode-se perceber uma mudança em relação a estruturação interna do prédio, especialmente nas lojas, além do fato de que os ocupantes deste espaço público estão mais diversificados. Atualmente, o Mercado Público é bastante procurado como um ponto turístico, cultural e de entretenimento, ele oferece um comércio destinado à pessoas aparentemente de condições mais abastadas. Portanto, há interesse no questionamento acerca das transformações ocorridas neste local que faz parte do cenário do centro da cidade, onde a sociabilidade vem se desenvolvendo cada vez mais, evidenciando a ressignificação social ocorrida no local.

Palavras-chave: Centralidade; Revitalização; Espaço Público; Espaço Social; Ressignificação Social.


Texto completo: PDF