Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
O Chimarrão: Tradição e Identidade de Hospitalidade dos Gaúchos – Rio Grande do Sul - Brasil
Deise Caroline Trindade Lorensi, Meri Lourdes Bezzi, Elsbeth Léia Spode Becker

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 306
Data: 10-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


O Rio Grande do Sul é o estado mais meridional do Brasil e em seu território se mesclam formação histórica e geográfica. Daí a importância do estudo de práticas culturais existentes na vida cotidiana dos gaúchos, a exemplo, do chimarrão, uma bebida secular e identitária deste estado, que se constituiu no símbolo da hospitalidade do povo gaúcho. No presente estudo visa-se identificar a relação do chimarrão com a memória, a identidade cultural e a hospitalidade dos gaúchos. A pesquisa é descritiva e consiste em uma revisão teórica, relacionando geografia cultural e origem do chimarrão. Pode-se inferir que, apesar da influência concreta da globalização nos hábitos cotidianos dos gaúchos, o chimarrão permanece fortemente cultivado pela população, de todas as idades, e sua prática diária está entre os aspectos culturais que se transformou em amarras de união e de interação entre as diferentes origens étnicas que formaram o gaúcho.