Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
REGISTROS FINAIS: MEMÓRIA E HISTÓRIA
Davi Kiermes Tavares, José Paulo Siefert Brahm, Ronaldo Bernardino Colvero

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 306
Data: 10-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


A presente comunicação expõe o resultado de investigação junto ao British Cemetery do Recife e o respectivo arquivo documental relativo aos seus inumados. Seu objetivo consistiu em levantar o registro da presença inglesa em Pernambuco através dos dados relativos às pessoas enterradas ali, como um exercício de construção de memória histórica. Na história, os tempos não morrem, estão entrelaçados, muitas vezes se confundem; as mortes são aparentes descontinuidades. Se a presença inglesa no Brasil declinou, substancialmente, depois da Primeira Guerra Mundial, devido à reorganização da produção capitalista, não significa que os sinais por ela deixados sejam insignificantes. Eles são partes constituintes da história do país. A estruturação do trabalho referencia argumentos desenvolvidos por autores como Mello (1972), Freyre (2000 [1948]), Paraíso (1997), Candau (2012), Halbwachs (2003).