Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
As relações de gênero e trabalho entre os anos de 1990 e 2010 no município de Pelotas/RS
Valdirene Hessler Bredow, Ani Camila Barcellos Pereira

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 303
Data: 12-11-2016 08:30 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


Analisando as considerações que norteiam as discussões direcionadas à participação feminina no mercado de trabalho, assim como as relações que cernem e desencadeiam o respectivo crescimento da mão de obra da mulher nos processos de gestão do mundo do trabalho, o objetivo do presente artigo é o de apresentar algumas considerações acerca das dinâmicas encontradas em relação aos postos de empregos no município de Pelotas/RS entre os anos de 1990 e 2010, incluindo alguns atributos como gênero, idade, setores de atividade econômica, entre outros fatores que possuem correlação com as características do mundo do trabalho. A partir de levantamentos bibliográficos e documentais das fontes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2000, 2010), Ministério do Trabalho e Emprego (2008) e Pesquisa de Emprego e Desemprego (2006), foi possível constatar que, embora a feminização do trabalho seja o processo de maior amplitude, o mesmo não é divulgado de forma paralela nos diferentes setores da economia, assim, destaca-se a segmentação do mercado de trabalho a partir de fatores como gênero, idade, experiência e escolarização, combinando-se essas características conforme o setor econômico considerado, aumentando-se também as diferenças entre os sexos e, ao mesmo tempo, analisando os ganhos salariais entre homens e mulheres.


Texto completo: PDF