Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Encontro Humanístico Multidisciplinar e I Congresso Latino-Americano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares

Tamanho da fonte: 
O PAPEL DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E OS DISCURSOS DE ÓDIO SOBRE A POPULAÇÃO LGBT NAS REDES SOCIAIS DIGITAIS
RAFAEL DOS SANTOS MORATO, MARCELO HENRIQUE GONÇALVES DE MIRANDA

##manager.scheduler.building##: Campus Jaguarão
##manager.scheduler.room##: Sala 304
Data: 11-11-2016 08:00 AM – 11:30 AM
Última alteração: 20-10-2016

Resumo


A relação entre educação (informação ou formal) e comunicação sempre foi percebida como sendo de ordem primária para se buscar uma educação de qualidade, pois não se educa sem se comunicar. Essa relação, no entanto, sofreu alterações com o advento das Tecnologias de Informação e Comunicação, pois elas otimizaram a exposição de conteúdos e multiplicaram as formas de interação/aprendizado entre os sujeitos. Entretanto, o ambiente virtual tem se mostrado um local de constante violação de direitos humanos (DH) fazendo (re)pensar qual é o papel de uma educação em direitos humanos (EDH) nas redes sociais digitais. Se por um lado, o ciberespaço possibilita que grupos excluídos participem democraticamente da sociedade; por outro, reproduzem e veiculam discursos violadores dos DH da população LGBT. O artigo estuda a relevância de se pensar a EDH nas redes sociais, numa perspectiva freiriana de educação política, em que os DH sirvam de referência no combate às violações em relação à população LGBT