Tupã - Sistema Online de Apoio a Eventos do CLAEC, II Congresso Internacional Online de Estudos sobre Culturas

Tamanho da fonte: 
FORMAÇÃO DOCENTE E SEXUALIDADE: AÇÃO EXTENCIONISTA NO CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA SABERES INDISPENSÁVEIS PARA FORMAÇÃO DOCENTE INICIAL E CONTINUADA
Valéria Soares de Lima, Gislene de Oliveira Lisboa, Lilian Cristina dos santos, Gabriel Soares Sena

Última alteração: 23-06-2020

Resumo


A educação na Universidade Estadual de Goiás (UEG) pauta-se em um ensino de qualidade e gratuito e, em uma concepção de aprendizagem estruturada a partir da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, na educação presencial e a distância. Neste contexto, a extensão é um dos pilares para o êxito e a excelência acadêmica na formação inicial docente. O Projeto de extensão Formação Docente e Sexualidade é uma atividade que transversa as questões relacionadas a diversidade existente no contexto escolar e na atuação docente em sala de aula em relação ao corpo, sexualidade e gênero e, contribui para a discussão, necessária, neste campo. É ministrado em dois polos de apoio presencial: Alexânia-GO e Pirenópolis-GO e, conta com 124 cursistas, distribuídas entre acadêmicos do curso de Pedagogia e professores das secretarias municipais de educação. A investigação estrutura-se dentro de uma abordagem qualitativa, com pesquisa bibliográfica e de campo para verificar como os saberes em relação ao corpo, sexualidade e gênero foram construídos pelos cursistas (acadêmicos do curso de pedagogia e professores das secretarias municipais) e, quais conhecimentos, desenvolvidos por meio de projetos de extensão, são necessários, para superar ou minimizar os conflitos a discriminação inerentes a estas temáticas, dentro do contexto escolar.

 

Palavras-Chave: Extensão; Formação Docente; Modalidade EaD.


Texto completo: PDF